Essa é uma das perguntas mais frequentes que as pessoas fazem.

“ Da pra ficar forte e definir o corpo treinando com kettlebell” ? A resposta é: SIM!

Você conquista um grande ganho de massa magra com o treinamento físico integrado com a ferramenta kettlebell.

No treino com kettlebell, nós temos dois tipos de contrações musculares diferentes. As contrações rápidas, presente nos exercícios balísticos como Swing, clean, High Pull e Snatch. E as contrações lentas, presente nos exercícios como Military Press, Front Squat, Levantamento Turco e Remadas. Ambas os tipos de contrações geram lesões no tecido muscular.

O ganho de massa magra é uma consequência metabólica, gerado pela força excêntrica, que é a desaceleração do movimento que deve ser executado com rapidez / potência, gerando uma micro lesão muscular.

A hipertrofia é uma adaptação fisiológica que se da pela síntese proteica no músculo, com o intuito de regenerar as micro lesões causadas nas miofibrilas, esse processo regenerativo permite um aporte de material contráctil para a fibra muscular, causando assim aumento da sessão transversa do músculo.

Na força rápida também encontramos essas micro lesões causada pela excêntrica acelerada e pela liberação de componentes inflamatórios; esses processos estimulam a síntese proteica resultando em ganho de massa muscular e foça. Com o kettlebell é possível executar cada movimento, com carga elevada e eficiência, devido às alças de apoio e a facilidade da ferramenta para essa desaceleração. Isso aumenta a potência, força e a massa magra causando >> hipertrofia muscular de forma integrada 😊 😀

No treino integrado também se trabalha o Anaeróbio >> o Aeróbico de alta intensidade >> Resistência de força rápida >> Técnica de movimentos >> e o Ganho de mobilidade. Assim potencializando o ganho de massa magra.

 

About Author

mkt

GIVE A REPLY